Plano de Ação integra resposta contra múltiplas ameaças de saúde contra pessoas, animais e ambiente | Land Portal

WFP Haiti/Theresa Piorr. O desmatamento levou à erosão das terras agrícolas no norte do Haiti.

Iniciativa “Uma Só Saúde” reúne agências da ONU: OMS, FAO, Programa da ONU para o Desenvolvimento e Organização Mundial para Saúde Animal; plano de cinco anos deve durar de 2022 a 2026.

Um plano de ação global e uma estrutura que possa integrar sistemas e melhor prevenir e responder a ameaças à saúde foi divulgado nessa segunda-feira por agências da ONU.

Este é o primeiro plano conjunto para melhorar a saúde dos seres humanos, animais, plantas e do meio ambiente.

Doenças tropicais negligenciadas, endemias e epidemias zoonóticas

Chamado de Plano de Ação Conjunto Uma Só Saúde, a parceria ocorre entra a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, FAO, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, a Organização Mundial da Saúde, OMS, e a Organização Mundial para Saúde Animal.

A iniciativa surgiu de um processo participativo para fortalecer cooperação, comunicação, capacidade de construção e coordenação em todos os setores que lidam com preocupação de saúde humana, e da interface da saúde animal, vegetal e ambiental.

Conhecido pela sigla, OH JPA em inglês, o plano vai de 2022 a 2026 focando na expansão de seis áreas: sistemas de saúde, epidemias zoonóticas emergentes e reemergentes, endemias zoonóticas, doenças tropicais negligenciadas e transmitidas por vetores, riscos para segurança alimentar, resistência antimicrobiana e meio ambiente.

Desmatamento e gerenciamento da terra

O documento técnico inclui evidências e provas, boas práticas e diretrizes existentes. Ele também cobre uma série de ações para avançar com o conceito de Uma Só Saúde em níveis nacional, regional e global.

O diretor da FAO, Qu Dongyu, disse que o plano Uma Só Saúde deveria partir do gerenciamento correto da terra contendo o desmatamento. Ele afirma que todos os setores devem cooperar para implementar medidas de mitigação.

Ele lembra que a degradação da natureza está elevando os riscos de saúde, e que um setor sozinho não tem como evitar e eliminar as doenças infecciosas.

Esforços globais e responsabilidade

As ações incluem o desenvolvimento e a implementação de diretrizes para países, parceiros internacionais e atores não-estatais como as organizações da sociedade civil, academia, instituições de pesquisas e associações profissionais.

O Plano de Ação também incentiva a cooperação, a responsabilidade compartilhada, ação multisetorial e parceria, equidade de gênero e inclusão.

O diretor-geral da OMS acredita que a parceria Uma Só Saúde deve ser o centro dos esforços globais contra epidemias e pandemias como a Covid-19.


 

 

Copyright © Source (mentionné ci-dessus). Tous droits réservés. Le Land Portal distribue des contenus sans la permission du propriétaire du copyright sur la base de la doctrine "usage loyal" du droit d'auteur, ce qui signifie que nous affichons des articles de presse pour des fins d'information non commerciales. Si vous êtes le propriétaire de l'article ou d'un rapport et que vous souhaitez qu'il soit retiré, s'il vous plaît nous contacter à hello@landportal.info et nous le supprimerons immédiatement.

Divers articles de presse liés à la gouvernance foncière sont publiés sur le Land Portal chaque jour par ses utilisateurs, à partir de diverses sources, telles que les agences de presse et d'autres institutions et individus, ce qui représente une diversité de positions sur tous les sujets. Le droit est à la source de l'article; la Land Portal Foundation n'a pas le droit de modifier ou de corriger l'article, ni d'endosser son contenu. Pour apporter des corrections ou demander la permission de republier ou toute autre utilisation de ce contenu, merci de contacter le titulaire du droit d'auteur.

Partagez cette page