Dia Internacional dos Povos Indígenas destaca papel da juventude | Land Portal

Foto: Sesai/Flickr

Em mensagem para a data, secretário-geral da ONU ressalta liderança jovem em temas como clima, justiça e cultura, enquanto enfrentam desafios de terras e direitos; Unesco aponta diversidade cultural e pede proteção aos seus direitos.


As Nações Unidas marcam o Dia Internacional dos Povos Indígenas neste 9 de agosto. Com foco na juventude, o secretário-geral da ONU, António Guterres, destaca o papel dos jovens na “criação de mudanças e na moldagem do futuro”.

Ele também ressalta que, em todo o mundo, os povos indígenas enfrentam sérios desafios, com as suas terras e recursos ameaçados, seus direitos minados e sua persistente vulnerabilidade à marginalização e à exclusão. 

Líderes da ação climática

Segundo o chefe da ONU, a juventude indígena está ajudando a lutar contra isso. 

Guterres afirma que eles são os líderes no movimento global de ação climática, defendem justiça e igualdade, celebram suas culturas, promovem os direitos humanos e sensibilizam para a história e questões indígenas ao redor do mundo. 

O líder das Nações Unidas explica que os conhecimentos e tradições indígenas estão profundamente enraizados no desenvolvimento sustentável e podem ajudar a resolver muitos desafios comuns do momento atual. 

Assim, ele afirma ser vital que a juventude indígena, tanto as mulheres quanto os homens, esteja envolvida nos processos de tomada de decisão. 

Guterres pede que haja compromisso em garantir os direitos individuais e coletivos da juventude indígena, bem como em apoiar o seu envolvimento nos diálogos globais e na tomada de decisões. 

Povos indígenas pelo mundo

Segundo a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, os povos indígenas vivem em todas as regiões do mundo e possuem, ocupam ou usam cerca de 22% da área terrestre global. 

Eles somam entre 370 e 500 milhões de pessoas e representam a maior parte da diversidade cultural do mundo. 

A Unesco ainda destaca que eles falam a maioria das cerca de 7 mil línguas do mundo e representam 5 mil culturas diferentes. 

Apesar de suas diferenças culturais, os povos indígenas de todo o mundo compartilham problemas comuns relacionados à proteção de seus direitos como povos distintos.

De acordo com a agência da ONU, muitos povos indígenas continuam a ser confrontados com a marginalização, pobreza extrema e outras violações dos direitos humanos

Copyright © Source (mentionné ci-dessus). Tous droits réservés. Le Land Portal distribue des contenus sans la permission du propriétaire du copyright sur la base de la doctrine "usage loyal" du droit d'auteur, ce qui signifie que nous affichons des articles de presse pour des fins d'information non commerciales. Si vous êtes le propriétaire de l'article ou d'un rapport et que vous souhaitez qu'il soit retiré, s'il vous plaît nous contacter à hello@landportal.info et nous le supprimerons immédiatement.

Divers articles de presse liés à la gouvernance foncière sont publiés sur le Land Portal chaque jour par ses utilisateurs, à partir de diverses sources, telles que les agences de presse et d'autres institutions et individus, ce qui représente une diversité de positions sur tous les sujets. Le droit est à la source de l'article; la Land Portal Foundation n'a pas le droit de modifier ou de corriger l'article, ni d'endosser son contenu. Pour apporter des corrections ou demander la permission de republier ou toute autre utilisation de ce contenu, merci de contacter le titulaire du droit d'auteur.

Partagez cette page