Prêmio Equatorial 2024: A natureza a favor da ação climática | Land Portal

Foto: Bioversity International/Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

A Iniciativa do Equador, liderada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), lança uma convocatória global para indicações ao Prémio Equatorial 2024. As indicações estão abertas até 26 de fevereiro de 2024.

Sob o tema "Natureza para Ação Climática", este 15º ciclo do Prêmio Equatorial reconhecerá e celebrará iniciativas lideradas por povos indígenas e comunidades locais, que oferecem soluções climáticas impactantes, restauram e gerenciam de forma sustentável a natureza e a biodiversidade e identificam ações que promovem a economia verde e circular.

"Durante séculos, os povos indígenas e as comunidades locais demonstraram uma administração notável da natureza e do clima com soluções locais que não agridem o meio ambiente. Temos o prazer de anunciar a próxima rodada de indicações para promover e replicar essas ações locais. O PNUD expressa sua sincera gratidão ao governo da Noruega pelo generoso apoio, para que possamos continuar a tradição de celebrar os(as) heróis locais", afirmou Marcos Neto, Secretário-Geral Adjunto da ONU e Diretor do Escritório de Apoio a Políticas e Programas do PNUD.

Os dez vencedores do Prêmio Equador serão anunciados no Dia Internacional dos Povos Indígenas do Mundo. Eles se juntarão a uma prestigiosa rede de 285 organizações comunitárias inovadoras de 89 países que ganharam o prêmio desde 2002.

A 15ª Cerimônia de Premiação do Prêmio Equatorial está programada para ser realizada no último trimestre de 2024. Cada organização vencedora do prêmio receberá US$ 10.000 e receberá apoio para participar de uma série de diálogos sobre políticas e eventos especiais no outono de 2024.

Sob o tema "Natureza para a ação climática", as iniciativas vencedoras serão homenageadas nas três categorias abaixo. Será dada consideração especial aos indicados que defendem a ação climática liderada por jovens e mulheres.

  • Natureza para Mitigação do Clima: Ações que protegem, conservam e restauram florestas, manguezais, turfeiras, solos, oceanos e ecossistemas marinhos.
  • Natureza para adaptação e resiliência ao clima:  Ações que integram a natureza ao planejamento da segurança hídrica e alimentar, constroem sistemas alimentares resistentes ao clima e desenvolvem práticas regenerativas de agricultura e silvicultura, resultando na redução do risco de desastres, melhoria dos meios de subsistência e resiliência da comunidade.
  • Natureza para uma Transição Justa: Ações que levem a uma economia verde e de carbono zero, que seja inclusiva e crie oportunidades de trabalho decente para as pessoas. Ações locais que aproveitem a economia circular, reduzam a necessidade de extração de recursos e minimizem a pressão sobre a vida selvagem, provocando assim uma mudança global no padrão de consumo e produção.

Para obter detalhes sobre os critérios de indicação e seleção e para enviar indicações, acesse aqui.

Mais informações sobre o Prêmio Equador estão disponíveis aqui

Siga a Iniciativa do Equador no Instagram, X e Facebook.

Dúvidas sobre a mídia: Sangita Khadka, Especialista em Comunicações, PNUD Escritório de Apoio a Políticas e Programas, Nova York, e-mail: sangita.khadka@undp.org.

Copyright © Source (mentionné ci-dessus). Tous droits réservés. Le Land Portal distribue des contenus sans la permission du propriétaire du copyright sur la base de la doctrine "usage loyal" du droit d'auteur, ce qui signifie que nous affichons des articles de presse pour des fins d'information non commerciales. Si vous êtes le propriétaire de l'article ou d'un rapport et que vous souhaitez qu'il soit retiré, s'il vous plaît nous contacter à hello@landportal.info et nous le supprimerons immédiatement.

Divers articles de presse liés à la gouvernance foncière sont publiés sur le Land Portal chaque jour par ses utilisateurs, à partir de diverses sources, telles que les agences de presse et d'autres institutions et individus, ce qui représente une diversité de positions sur tous les sujets. Le droit est à la source de l'article; la Land Portal Foundation n'a pas le droit de modifier ou de corriger l'article, ni d'endosser son contenu. Pour apporter des corrections ou demander la permission de republier ou toute autre utilisation de ce contenu, merci de contacter le titulaire du droit d'auteur.

Partagez cette page