IV Encontro Latinoamericano de Agricultura Urbana e Periurbana | Land Portal
Breve Histórico:
A Organização das Nações Unidas, através da FAO, patrocina eventos e estudos desde os anos de 1990 na América Latina, com o objetivo de incentivar as práticas de agricultura urbana e periurbana (AUP). A primeira reunião ocorreu em 1995, na cidade de La Paz, Bolívia, ocasião em que foi constituída a “Red Latinoamericana de Investigación Acción en Agricultura Urbana – Red AGUILA”, com o compromisso de desenvolver pesquisas e sistematizar as experiências de AUP na região. O II ELAUP foi realizado muitos anos depois, em 2010, na Universidad Nacional Autónoma de México – UNAM (México-DF). O crescente interesse pelas questões suscitadas pela AUP no seio das ciências sociais, econômicas e ambientais permitiu que os encontros acadêmicos se tornassem mais regulares e frequentes. Dessa forma, realizou-se a terceira edição do ELAUP, em 2017, novamente na Cidade do México. Naquele Encontro foi definida a organização da quarta edição no Brasil, a cargo das equipes do Projeto “Políticas Públicas, mercados institucionais e agricultura urbana e periurbana”, as quais, posteriormente, decidiram por Florianópolis como sede do Encontro.
 
Resumo/Objetivos:
 
O “IV Encontro Latinoamericano de Agricultura Urbana e Periurbana – ELAUP” é um espaço acadêmico para professores, pesquisadores e gestores públicos e de projetos na América Latina e no Caribe apresentarem suas pesquisas, as experiências em andamento e discutirem os aportes teóricos e metodológicos provenientes das ciências sociais, econômicas e ambientais. O Encontro é promovido pelo Projeto “Políticas públicas, mercados institucionais e agricultura urbana/periurbana”, apoiado pela CAPES e que reúne equipes de três instituições: UNESP/Presidente Prudente, UFRN e UFSC. A equipe de docentes e discentes do LabRURAL – Laboratório de Estudos do Espaço Rural da UFSC é a responsável pela organização local. Os resultados esperados são o fortalecimento das redes de pesquisa na América Latina e a produção de novos estudos que aprofundem o debate sobre as relações entre os usos agrícolas e o planejamento e o desenvolvimento das áreas urbanas e periurbanas.
 
Palavras chave:
 
Encontro, América Latina, agricultura urbana e periurbana (AUP), redes de pesquisa, políticas públicas.
 
Áreas temáticas:
Direito e Políticas públicas;
Sujeitos e redes de pesquisa e fomento;
Agricultura na economia urbana/periurbana;
Trabalho e tecnologia;
Relações com o meio-ambiente urbano;
Desafios teórico-metodológicos
Ementas dos GT’s:
GT 1 – Direito e Políticas públicas para a AUP
Desafios para o planejamento urbano; influência do direito tributário e ambiental; a legislação específica e o papel das instituições; ordenamento dos usos agropecuários nas cidades; interfaces com políticas educacionais, de segurança alimentar, de saúde e bem-estar e de saneamento.
 
GT 2 – Sujeitos e redes de pesquisa e fomento
Formação de redes de pesquisa; composição e articulação do movimento social; dinâmica de poder e conflitos; relações com o ambientalismo; o empreendedorismo na AUP; construção de práticas coletivas.
 
GT 3 – Agricultura na economia urbana/periurbana
Tipologias da agricultura urbana/periurbana; contextos do autoconsumo; organização da produção orgânica/agroecológica; configuração dos circuitos agroalimentares de proximidade; redes formais e informais de abastecimento, relação com os consumidores.
 
GT 4 – Trabalho e tecnologia na AUP
A força de trabalho da AUP; a questão da pluriatividade; métodos e técnicas utilizadas; cultivos protegidos e verticais no espaço urbano/periurbano.
 
GT 5 – Prática da AUP, recursos naturais e meio ambiente
Os efeitos nas ilhas de calor urbanas; a interferência no conforto térmico; recursos hídricos e agricultura na cidade; cultivo em terrenos baldios e limpeza urbana; destinação dos resíduos orgânicos e compostagem.
 
GT 6 – Desafios teórico-metodológicos
Delimitação conceitual da agricultura periurbana; análise da agricultura urbana em terras públicas e de uso comum; implicações econômicas e espaciais da renda fundiária urbana sobre a agricultura; interações com o mercado imobiliário; perspectivas geradas pela economia solidária; agricultura urbana como prática insurgente; AUP para a melhoria das condições ambientais e paisagísticas das cidades.
 
Lugar do Encontro:
Florianópolis, Brasil
 
Período:
 
6 a 8 de novembro de 2019.
 
Público alvo:
 
Professores, pesquisadores, acadêmicos e gestores públicos e de projetos nas áreas de geografia, planejamento urbano, gestão ambiental, segurança alimentar e nutricional e afins.

Compartilhe esta página