ordenamento sustentável da terra related Blog post | Land Portal
Exibindo 25 - 36 de 61
Portugal

Autor: Rita Tavares


Fontehttps://observador.pt/especiais/terras-sem-dono-aqui-nao-ha-dragoes-mas-tambem-nao-ha-proprietarios/


Ainda existem muitas terras sem dono em Portugal, apesar das várias tentativas de cadastrar o território. A situação complica a limpeza das terras. Não há a quem pedir responsabilidades.


Brasil

Autor: Washington Araújo, Brasil 24


Fonte: http://www.brasil247.com/redirecting/extra/number/303203


Não é mistério nem segredo algum saber da trágica realidade em que se acham aprisionados os povos indígenas no Brasil. O que causa indignação e espanto é o descaso com que têm sido tratados esses povos.


Moçambique
Portugal tem 2,9 milhões de proprietários de 8,4 milhões de hectares de solos rústicos JOSE SARMENTO MATOS (ARQUIVO)
Portugal

Ãutor: Paulo Pena

Fonte: https://www.publico.pt/2017/06/18/sociedade/noticia/como-lidar-com-os-campos-ao-abandono-1776105

Estado gasta 11 euros por hectare em prevenção de incêndios. Terrenos rurais pagam menos de um euro de impostos por hectare e 36% dos solos rústicos não têm qualquer exploração.

Brasil
Foto: Guilherme Cavalli / Cimi
Brasil
Lixão a céu aberto no município de Cruzeiro do Sul, no Acre. Foto: Roberto Herrera
Brasil

Autor: Maria Fernanda Ribeiro


Fonte: https://sustentabilidade.estadao.com.br/blogs/eu-na-floresta/lixo-nas-aldeias/


O acúmulo de lixo pelas aldeias indígenas e comunidades tradicionais da Amazônia é um problema que precisa ser encarado e discutido, pois é uma ameaça real à saúde dessas populações e ao meio ambiente.


Brasil

Autor: Marina dos Santos, Dirigente Nacional do MST


Fonte: https://racismoambiental.net.br/2017/06/12/trabalhadores-e-povos-do-campo-sob-ataque/


Os casos aparentemente sem ligação encontram uma conexão, entretanto, com o contexto político de recrudescimento do conservadorismo e da ascensão das forças golpistas


 


Portugal

Autor: Lúis Capoulas Santos

Fonte:https://www.publico.pt/2017/06/13/economia/noticia/agricultura-o-futuro-ja-comecou-1775406

Impõe-se agora olhar a agricultura portuguesa no horizonte de uma década, no contexto da negociação da nova Política Agrícola Comum.

O Congresso Nacional tornou-se um campo de caça aos direitos dos povos indígenas - Foto: Celso Maldos
Brasil
Brasil
Brasil

Autor: Alceu Luís Castilho 


Fonte: https://racismoambiental.net.br/2017/06/12/agro-e-pop-propaganda-da-globo-sobre-cana-tem-imagens-de-escravos/


Gravuras de Henry Koster e Hercule Florence sobre engenhos ilustram trecho que celebra os R$ 52 bilhões movimentados pelo setor; JBS e Ford patrocinam


Blogues

Debates

Organizações

A Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) é um espaço de articulação e convergência entre movimentos, redes e organizações da sociedade civil brasileira engajadas em experiências concretas de promoção da agroecologia, de fortalecimento da produção familiar e de construção de alternativas sustentáveis de desenvolvimento rural. Atualmente a ANA articula vinte e três redes estaduais e regionais, que reúnem centenas de grupos, associações e organizações não governamentais em todo o país, além de quinze movimentos sociais de abrangência nacional.

Association for Tropical Biology and Conservation logo

The Association for Tropical Biology and Conservation (ATBC) is the largest and oldest academic society dedicated to the study and conservation of tropical ecosystems. Our society is international in scope and membership, with almost 900 members from 65 countries, with whom we seek to:


  1. Promote awareness to as broad an audience as possible of the importance of the tropics
  2. Improve communication and cooperation among tropical investigators, educators, environmental managers, and local communities
Centre for Civil Society

Vision: CCS envisions a world where each individual leads a life of choice in personal, economic and political spheres and every institution is accountable.

Mission: Centre for Civil Society advances social change through public policy. Our work in education, livelihood, and policy training promotes choice and accountability across private and public sectors. To translate policy into practice, we engage with policy and opinion leaders through research, pilot projects and policy training.

Centre for Liveable Cities Singapore

The Centre distills key learning points from Singapore’s urban development journey since its independence in 1965, while creating knowledge to address emerging urban challenges. It shares this knowledge with local and international urban leaders, with the aim of positioning Singapore as a global hub for urban solutions. The Centre’s work spans four main areas:

Research

The Centre focuses on two key research questions: 

Centro de Extensión Universitaria e Divulgación Ambiental de Galicia logo

O CEIDA -Centro de Extensión Universitaria e Divulgación Ambiental de Galicia- promove a educación ambiental en todos os sectores sociais, así como o intercambio científico e cultural, traballando na procura de solucións aos problemas ambientais e fomentando as boas prácticas cidadás neste eido.

Commonwealth Forestry Association logo

What we do


We are reminded on a daily basis that the natural environment in which we live is vitally important for our well-being, whether it is in the form of climate change, global warming, declining fertility or dwindling natural resources.


MOTTO

The Dedan Kimathi University of Technology motto is: “Better Life through Technology”.

 

VISION STATEMENT

To be a Premier Technological University Excelling in Quality Education, Research, and Technology Transfer for National Development.

 

MISSION STATEMENT

 Ecological_Society_of_AEcological Society of America logo

The Ecological Society of America (ESA) is a nonpartisan, nonprofit organization of scientists founded in 1915 to:

Economics of Land Degradation Initiative logo

The Economics of Land Degradation (ELD) Initiative is an initiative on the economic benefits of land and land based ecosystems. The initiative highlights the value of sustainable land management and provides a global approach for analysis of the economics of land degradation. It aims to make economics of land degradation an integral part of policy strategies and decision making by increasing the political and public awareness of the costs and benefits of land and land-based ecosystems.


Our Vision


A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) foi criada em 26 de abril de 1973 e é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Desde a nossa criação, assumimos um desafio: desenvolver, em conjunto com nossos parceiros do Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária (SNPA), um modelo de agricultura e pecuária tropical genuinamente brasileiro, superando as barreiras que limitavam a produção de alimentos, fibras e energia no nosso País.

Compartilhe esta página