III Congresso das Áreas Comunitárias | Land Portal | Protegendo os direitos da terra através de dados abertos

Sobre o tema Áreas Comunitárias Suporte de Desenvolvimento Económico e Social dos Territórios de Montanha, a Baladi – Federação Nacional dos Baldios, promoveu no passado 7 de outubro de 2018 o III Congresso Europeu das Áreas Comunitárias. Este Congresso teve como principal objetivo aprofundar o conhecimento da diversidade das várias tipologias e usos das áreas comunitárias na Europa, bem como, realçar a importância que estes territórios têm no quadro do desenvolvimento rural. Foram debatidos temas como “Gestão Participativa e Governança Territorial Local”, “Economia Social”, “Valorização Ambiental e Energética”, “Enquadramento Jurídico”. 
Foi um congresso muito participado, onde ficou clara a importância que este tipo de propriedade coletiva tem em muitos países da europa e onde foi realçada a diferença entre as áreas comunitárias e as vulgarmente designadas de comunais, e nesse sentido, foi unânime a necessidade de sensibilizar o parlamento europeu para o reconhecimento deste tipo particular e ancestral de propriedade, para o desenvolvimento dos territórios rurais de montanha cada vez mais esquecidos.

 

 

Movimento Associativo nas Áreas Comunitárias - Montalegre

 

Inserida na preparação do III Congresso Europeu das áreas comunitárias, a BALADI promoveu ontem no Concelho de Montalegre uma reunião comos seus associados, para discutir tal evento. Foram abordados aspectos relacionados com a nova Lei dos Baldios e a importância dos serviços eco sistémicos para as comunidades locais, as diversas temáticas da discussão do III Encontro Europeu e a apresentação do novo livro sobre baldios da autoria do Dr. João Gralheiro, um dos juristas da BALADI.

Sobre o tema Áreas Comunitárias Suporte de Desenvolvimento Económico e Social dos Territórios de Montanha, a Baladi – Federação Nacional dos Baldios, promoveu no passado 7 de outubro de 2018 o III Congresso Europeu das Áreas Comunitárias. Este Congresso teve como principal objetivo aprofundar o conhecimento da diversidade das várias tipologias e usos das áreas comunitárias na Europa, bem como, realçar a importância que estes territórios têm no quadro do desenvolvimento rural. Foram debatidos temas como “Gestão Participativa e Governança Territorial Local”, “Economia Social”, “Valorização Ambiental e Energética”, “Enquadramento Jurídico”. 
Foi um congresso muito participado, onde ficou clara a importância que este tipo de propriedade coletiva tem em muitos países da europa e onde foi realçada a diferença entre as áreas comunitárias e as vulgarmente designadas de comunais, e nesse sentido, foi unânime a necessidade de sensibilizar o parlamento europeu para o reconhecimento deste tipo particular e ancestral de propriedade, para o desenvolvimento dos territórios rurais de montanha cada vez mais esquecidos.

 

Inserida na preparação do III Congresso Europeu das áreas comunitárias, a BALADI promoveu ontem no Concelho de Montalegre uma reunião comos seus associados, para discutir tal evento. Foram abordados aspectos relacionados com a nova Lei dos Baldios e a importância dos serviços eco sistémicos para as comunidades locais, as diversas temáticas da discussão do III Encontro Europeu e a apresentação do novo livro sobre baldios da autoria do Dr. João Gralheiro, um dos juristas da BALADI.

 

Copyright © da fonte (mencionado acima). Todos os direitos reservados. O Land Portal distribui materiais sem a permissão do proprietário dos direitos autorais com base na doutrina de “uso justo” dos direitos autorais, o que significa que publicamos artigos de notícias para fins informativos e não comerciais. Se você é o proprietário do artigo ou relatório e gostaria que ele fosse removido, entre em contato conosco pelo endereço hello@landportal.info e removeremos a publicação imediatamente.

Várias notícias relacionadas à governança da terra são publicadas no Land Portal todos os dias pelos nossos usuários, partindo de várias fontes, como organizações de notícias e outras instituições e indivíduos, representando uma diversidade de posições sobre cada tópico. Os direitos autorais estão na origem do artigo; a fundação não tem o direito legal de editar ou corrigir o artigo, nem endossar o seu conteúdo. Para fazer correções ou solicitar permissão para republicar ou outro uso autorizado deste material, entre em contato com o detentor dos direitos autorais.

Compartilhe esta página