Zona rural | Land Portal | Protegendo os direitos da terra através de dados abertos

Últimas notícias

Rafael Marchante/Reuters
20 Fevereiro 2020
África
Angola
O Ministério da Agricultura e Florestas desenvolve um plano piloto para cadastrar as principais áreas de produção das províncias do Huambo, Bié e Malanje, revelou o consultor do ministro da Agricultura António Sozinho, ao enumerar os incentivos do Executivo aos empresários indianos.
 
Juliana Adriano / MST
5 Março 2020
América Latina e Caribe
América do Sul
Brasil

Evento reúne camponesas de todo país na capital e terá uma grande marcha marcando o Dia Internacional da Mulher

PAULO NOVAIS
11 Fevereiro 2020
Europa
Portugal
Os incêndios que ultrapassem a dimensão de 500 hectares vão resultar num plano de recuperação das áreas ardidas, prevendo-se que o Estado proceda ao “arrendamento forçado das terras” caso os proprietários não colaborem, disse hoje o ministro do Ambiente.
 

Blogues

Debates

Eventos

Biblioteca

Organizações

Anuario Antropologico

Anuário Antropológico (Anuário Antropológico)

Anuário Antropológico é uma revista semestral do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília (PPGAS/UnB). Publica artigos originais, ensaios bibliográficos, resenhas, críticas e outros textos de natureza acadêmica que apresentem pesquisas empíricas de qualidade, diálogos teóricos relevantes e perspectivas analíticas diversas. A Revista publica textos em português, inglês, espanhol ou francês.Os artigos selecionados pela comissão editorial são submetidos a pareceristas externos em regime de anonimato.

A Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) é um espaço de articulação e convergência entre movimentos, redes e organizações da sociedade civil brasileira engajadas em experiências concretas de promoção da agroecologia, de fortalecimento da produção familiar e de construção de alternativas sustentáveis de desenvolvimento rural. Atualmente a ANA articula vinte e três redes estaduais e regionais, que reúnem centenas de grupos, associações e organizações não governamentais em todo o país, além de quinze movimentos sociais de abrangência nacional.

A FASE – Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – foi fundada em 1961. É uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que atua hoje em seis estados brasileiros e tem sua sede nacional no Rio de Janeiro. Desde suas origens, esteve comprometida com o trabalho de organização e desenvolvimento local, comunitário e associativo.

global landscapes forum logo.jpg

The Global Landscapes Forum (GLF) is a multi-stakeholder platform with a global secretariat led by CIFOR and core funding provided by the Government of Germany. The GLF accelerates action towards the creation of productive, prosperous, equitable and climate-resilient landscapes and the achievement of the UNFCCC Paris Agreement and Sustainable Development Goals (Agenda 2030).

O Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) é uma organização científica, não governamental e sem fins lucrativos que desde 1995 trabalha pelo desenvolvimento sustentável da Amazônia, de modo a gerar prosperidade econômica, justiça social e a conservação da integridade funcional dos ecossistemas da região.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Incra, é uma autarquia federal cuja missão prioritária é executar a reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional.

Criado pelo Decreto nº 1.110, de 9 de julho de 1970, atualmente o Incra está implantado em todo o território nacional por meio de 30 superintendências regionais.

Missão do Incra:
Implementar a política de reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional, 
contribuindo para o desenvolvimento rural sustentável.

Missão do MASA

Contribuir para uma melhor segurança alimentar e redução da pobreza atravéz do apoio ao sector familiar, ao sector privado, a agências governamentais e não governamentais no sentido de aumentarem a productividade agrícola, agro-indústria e marketing dentro dos princípios de exploração sustentável de recursos naturais.

O Observatório do Meio Rural (OMR) é uma pessoa colectiva de direito privado sem fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica e com autonomia administrativa, financeira e patrimonial.

Registada na Conservatória do Registo das Entidades Legais sob o Número Único de Entidade Legal 100274736, com sede na cidade de Maputo, República de Moçambique.

Compartilhe esta página