Em Buenos Aires para a reunião de ministros da Agricultura do G20, o representante Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Julio Berdegué, elogiou a decisão do fórum de definir o manejo da terra como um dos temas centrais do encontro. Especialista alertou durante a conferência que um terço de todo o solo do mundo está degradado. Dirigente também cobrou mais engajamento dos países na promoção global de práticas agrícolas sustentáveis.
 
“A degradação do solo não afeta apenas a produção de alimentos saudáveis e nutritivos. Também aumenta a volatilidade do preço dos alimentos e obriga as pessoas a abandonar a terra e (a recorrer) à migração de emergência”, afirmou Berdegué, que representa a agência da ONU na América Latina e no Caribe.
 
O especialista encorajou as nações do G20 a “desempenhar um papel mais importante” na Aliança Mundial de Solos. Por meio dessa plataforma, a FAO trabalha com governos e outros parceiros para desenvolver habilidades técnicas e trocar conhecimentos sobre a saúde do solo.
 
Berdegué lembrou aos participantes da reunião que o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 2 determina não apenas a erradicação da fome, mas também a eliminação de todas as formas de má nutrição, incluindo o sobrepeso e a obesidade. Atualmente, quase 2 bilhões de pessoas no mundo estão acima do peso. O número inclui aproximadamente 700 milhões de pessoas obesas.
 
“Para acabar com todas as formas de desnutrição, precisamos transformar nossos sistemas alimentares para oferecer alimentos saudáveis, nutritivos e acessíveis para todos, ao mesmo tempo que preservamos os recursos naturais e a biodiversidade. Esta transformação inclui o manejo sustentável dos solos. Os solos são um recurso estratégico para a agricultura sustentável e a produção de alimentos saudáveis ”, enfatizou o representante.
 
A pedido da Presidência do G20, atualmente a cargo da Argentina, a FAO e a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) produziram o relatório Segurança alimentar e nutricional: Desafios para a agricultura e o potencial escondido do solo. O documento discute iniciativas internacionais e nacionais, incluindo práticas sobre o carbono orgânico do solo, saúde e fertilidade da terra e a mitigação e gestão de territórios contaminados.
 
Berdegué também pediu mais apoio dos 20 países mais poderosos do mundo para o trabalho que a FAO realiza com a Organização Mundial da Saúde (OMS) — o Codex Alimentarius. O projeto elabora e cataloga normas científicas globalmente reconhecidas, definidas para proteger a saúde dos consumidores de alimentos comercializados entre as nações.

Share this page

Copyright © Fuente (mencionado arriba).  Todos los derechos reservados. Land Portal distribuye materiales sin la autorización del poseedor de los derechos de autor basándose en la doctrina del “uso razonable”, que consiste en publicar noticias con motivos informativos y no comerciales. Si eres el poseedor de los derechos de autor de un artículo y quieres que no aparezcan en la página, no dudes en contactarnos mediante el correo hello@landportal.info y lo retiraremos inmediatamente.

Múltiples noticias relacionadas con la gobernanza de la tierra son incluidas cada día en landportal.info por los usuarios del Land Portal, de múltiples fuentes, como nuevas organizaciones, instituciones e individuos que representan una variedad de posturas sobre un tema. Los derechos de autor del artículo pertenecen a su autor; Land Portal Foundation no posee ningún derecho para editar o corregir el artículo, y por ello, Land Portal Fundation no respalda su contenido. Para realizar correcciones o preguntar por permiso para republicar u otro uso autorizado de este material, por favor contacte directamente con el poseedor de los derechos de autor.