Conferência sobre Política de Terras na África (CLPA-2021) | Land Portal

Governança da terra para salvaguardar a arte, a cultura e o patrimônio para a África que queremos

2 de novembro de 2021 a 4 de novembro de 2021
Formato híbrido - Online e em Kigali, Ruanda

A Conferência sobre Política de Terras na África (CLPA-sigla em inglês) é organizada bienalmente pelo African Land Policy Centre (ALPC), uma iniciativa conjunta da Comissão da União Africana, da Comissão Econômica das Nações Unidas para a África e do Banco Africano de Desenvolvimento. O objetivo é aprofundar a capacidade da política fundiária na África através de um melhor acesso ao conhecimento e às informações sobre a elaboração e implementação da política fundiária. O CLPA é uma plataforma para apresentar resultados de pesquisa e concentrar a atenção de uma ampla gama de interessados nas questões e na situação do desenvolvimento, implementação e monitoramento da política fundiária na África. A CLPA também oferece uma oportunidade única para mostrar práticas emergentes e promissoras e facilitar o trabalho em rede. Os e as participantes da conferência incluem pesquisadores(as), governos (incluindo parlamentares), autoridades tradicionais, agricultores(as), sociedade civil, setor privado, profissionais da terra e parceiros de desenvolvimento. A CLPA foi realizada pela primeira vez em 2014, com foco em questões de terra, investimento e agricultura. Uma segunda edição da CLPA foi realizada sob um tema voltado para a juventude, terra e emprego em novembro de 2017. A mais recente CLPA de 2019 concentrou-se em vencer a luta contra a corrupção no setor fundiário.

A quarta CLPA está programada para acontecer de 2 a 4 de novembro de 2021, combinando sessões on-line e convencionais em formato híbrido, em Kigali, Ruanda, sob o tema: "Governança da terra para salvaguardar a arte, a cultura e o patrimônio para a África que queremos". O tema da Conferência se alinha com a Declaração da União Africana de 2021 como "Arte, Cultura e Patrimônio": Levers for Building Africa We Want" (Alavancas para a Construção da África que Queremos), que é resumido pela Aspiração 5 da Agenda 2063. A Conferência focalizará a herança africana e as dimensões culturais da terra e o potencial para garantir a subsistência, o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável através da economia criativa, tanto no cenário rural quanto urbano. A Conferência também se concentrará em fomentar a inovação e estimular o valor social e econômico através da criatividade, talento, capital intelectual, expressões das artes e empreendedorismo cultural, como previsto na Agenda 2063.

Esta edição da Conferência Bienal adotará uma abordagem criativa e científica de acordo com seu tema. A Conferência foi concebida para capturar uma ampla gama de questões e conhecimentos emergentes e gerar interesse em temas atuais de política fundiária por parte de uma ampla gama de atores políticos africanos. O formato da Conferência será um híbrido com participação on-line e física em Kigali que abrange sessões plenárias e paralelas, masterclasses, eventos pré-conferência, eventos paralelos, exposições e mídias sociais para alcançar um público mais amplo.
 

Idioma do evento: Inglês

Comparta esta página