Remoções forçadas, moradas desmanteladas: uma intervenção estatal no Loteamento São Francisco | Land Portal | Securing Land Rights Through Open Data
Alice Moura

Resource information

Date of publication: 
August 2016
Resource Language: 
Pages: 
164
O objetivo desta dissertação é compreender os significados atribuídos à moradia pelas famílias do bairro Loteamento São Francisco, no município de Camaragibe –PE, que tiveram suas casas demolidas por causa do grande projeto de investimento associado à realização da Copa do Mundo de 2014. O processo pelo qual os indivíduos e as suas famílias constituem seu lugar para morar é o cerne da nossa análise. Perante a intervenção estatal que reduziu suas casas a um valor em dinheiro, as famílias teceram múltiplas estratégias para reestruturarem suas vidas diante dos recursos disponíveis. Nesse contexto desencadeador de diversas inseguranças, veremos como o significado dado a suas casas é ampliado através de um emaranhado de elementos que compõe as nuances da moradia. As redes de vizinhança, a intimidade com o bairro, os vínculos familiares e o sentimento de afeto pela casa são alguns componentes significativos na construção dessa composição. Nossa investigação antropológica é baseada na abordagem dos métodos qualitativos através da realização de entrevistas, trabalho de campo, engajamento no Comitê Popular da Copa a favor dos direitos da população afetada e pesquisa documental. Grandes projetos de investimento impactam a situação de moradia da população local de diversas maneiras. Quando estão vinculados a megaeventos esportivos, uma concatenação de fatores acarreta em grandes projetos com consequências danosas ainda mais profundas para as pessoas que habitam o local. As pessoas e famílias buscam formas de ressignificar a moradia nos novos espaços diante dos contratempos da presença de um estado gerador de insegurança.

Authors and Publishers

Author(s), editor(s), contributor(s): 
ALICE BEZERRA DE MELLO MOURA
Publisher(s): 

Share this page