3o Congresso Internacional Povos Indígenas da América Latina | Land Portal | Securing Land Rights Through Open Data

O Congresso Internacional Povos Indígenas da América Latina (CIPIAL) reúne pesquisadores indígenas e não indígenas de diversos países e áreas do conhecimento para o intercâmbio ideias. Assim, pretende ultrapassar limites disciplinares e fronteiras nacionais, além de promover diálogos interculturais e uma perspectiva comparativa sobre processos (históricos e contemporâneos) relativos aos povos indígenas na América Latina. Visa também a estimular o debate sobre questões ético-políticas envolvidas na produção de conhecimento sobre e/ou junto a povos indígenas, bem como visibilizar, fortalecer e refletir sobre a emergência de intelectuais indígenas no campo acadêmico.

A primeira edição do congresso foi realizada em 2013, em Oaxaca, no México. A segunda ocorreu em 2016, na cidade de Santa Rosa, na Argentina. O 3º CIPIAL será realizado nos dias 3 a 5 de julho de 2019, na Universidade de Brasília (UnB), em Brasília – DF, Brasil, com o tema central “Trajetórias, narrativas e epistemologias plurais, desafios comuns”.

 

Área Temâtica

 

ST 01 | A questão urbana: reflexões e perspectivas etnográficas e históricas sobre os índios e cidades

ST 02 | Actores, figuras y estrategias de mediación en la impartición de justicia en causas con indígenas (América Latina, fines XVIII – mediados XX)

ST 03 | Andanzas territoriales indígenas en América Latina: trayectorias y recomposiciones contemporáneas

ST 04 | Arqueologia – Etnografia – Patrimonio: articulaciones, disputas y agenciamentos para la construcción de patrimonios interculturales con los pueblos indígenas

ST 05 | Artes indígenas e patrimônio na América Latina – México, Venezuela e Brasil

ST 06 | Biografias e histórias de vida como porta de entrada para compreensão de povos indígenas

ST 07 | Construcción del discurso narrativo contra-hegemónico, diálogo intercultural y epistemologías diversas

ST 08 | Da subordinação à (difícil) construção de relações pluriétnicas e plurinacionais IV

ST 09 | Diálogos interdisciplinares de temas transversais à educação formal e informal nos espaços escolares e não escolares da Educação Indígena

ST 10 | Direito de ser e existir: relatos de resistência dos povos indígenas no Brasil

ST 11 | Direitos indígenas, pós-modernidade e epistemologias decoloniais

ST 12 | Educação superior, diversidade cultural e interculturalidade: avanços e desafios no acesso e na permanência em universidades latino-americanas

ST 13 | Educação, escola e crianças indígenas: apropriações, re-existências e contradições

ST 14 | Epistemologías de la sostenibilidad en mundos indígenas de América Latina

ST 15 | Epistemologías diversas: corporalidades, sanación y entornos sociales

ST 16 | Estratégias decoloniais de produção de conhecimentos e fortalecimento das identidades indígenas

ST 17 | Gobierno de los recursos naturales y procesos de comunalización/descomunalización en los pueblos indígenas, siglos XIX-XXI

ST 18 | Gulumapu-Araucanía, Pampas y Patagonia, nodos de resistencia política, siglos XIX y XX

ST 19 | Historia Indígena y Archivos: trayectorias, materialidades, debates

ST 20 | Identidad étnica y patrimonio biocultural. Producción económica y reproducción social: aportes a la sociedad global

ST 21 | Indígenas en contextos urbanos latinoamericanos y caribenhos

ST 22 | Insurgências e resistências: a vida nas/das terras indígenas sob regimes autoritários

ST 23 | Invisibilidades impostas: o caso dos povos indígenas isolados no Brasil

ST 24 | Jóvenes indígenas en la educación superior de América Latina: sentidos de la profesionalización, nuevas experiencias de afirmación, de diálogo de saberes y de investigación-acción

ST 25 | Las alternativas de la resistencia indígena: la lucha está en lo cotidiano

ST 26 | Leyendo la “tierra adentro”: archivos coloniales, categorías de clasificación y estrategias etnohistóricas para las zonas de frontera

ST 27 | Liderazgos indígenas en zonas de frontera latino-americanas, siglos XVI-XX

ST 28 | Memória, História e o Ensino de História Indígena: pluralização de perspectivas e enunciação de outras narrativas a partir do protagonismo e autoria indígena

ST 29 | Memórias Indígenas: silêncios, esquecimentos, impunidade e reivindicação de direitos e acesso à justiça

ST 30 | Memorias y Políticas Indias/Indígenas

ST 31 | Memórias, biografias e autobiografias indígenas: reflexões

ST 32 | Memórias, narrativas e saberes tradicionais: experiências, territorialidades e visibilidades de Povos e Comunidades Tradicionais

ST 33 | Morfología y sintaxis de lenguas indígenas en contexto etnolingüístico: nuevas epistemologías en la investigación y construcción del conocimiento

ST 34 | Mulheres, crianças e História: o ‘feminino’ e o ‘infantil’ na sociedade americana, séculos XVI-XIX

ST 35 | Mulheres indígenas e suas co-existências: inscrições etnográficas da relação entre gênero e terra

ST 36 | Nuevas epistemologías interculturales. Desafios para la educación y la comunicación

ST 37 | Nuevas miradas sobre los derechos de propiedad: acceso, uso y apropiación de recursos naturales en torno a los pueblos y municipios, siglos XIX-XX

ST 38 | O futuro das línguas indígenas brasileiras

ST 39 | O lado perverso do Patrimônio Cultural

ST 40 | O patrimônio biocultural e a conservação in situ da biodiversidade e da agrobiodiversidade nos territórios indígenas brasileiros

ST 41 | Olhares indígenas/historia indígena: diálogos latino-americanos

ST 42 | Pluralismo bioético, decolonialidade e povos indígenas: pensando o Bem Viver e suas complexidades

ST 43 | Por uma história cotidiana dos nativos sulamericanos: transformações, resistências, negociações e resignificações

ST 44 | Povos indígenas da Amazônia Caribenha

ST 45 | Povos indígenas isolados, livres ou autônomos: direito à existência e à auto-determinação

ST 46 | Povos tradicionais e indígenas: globalização, histórias e culturas alimentares

ST 47 | Programas de pós-graduação interculturais e indígenas. Potencialidades, desafios e estratégias

ST 48 | Pueblos indígenas en contextos urbanos. Organización etnopolítica, políticas públicas y gobiernos locales en torno a la participación estatal

ST 49 | Pueblos indígenas y afrodecendientes en America Latina: políticas publicas, extractivismo, criminalización y conflictividad en la coyuntura actual

ST 50 | Saberes Indígenas, transdisciplinaridade e Educação Escolar

ST 51 | Sociedad, ambiente y sostenibilidad

ST 52 | Estudios relativos a pueblos indígenas en América Latina: condiciones de producción, circulación y características

ST 53 | Territorialidade uma questão de saúde e bem-estar

ST 54 | Territorialidades, derechos de propiedad y recursos naturales en América Latina colonial y republicana, siglos XVI-XXI

ST 55 | Território Guarani: conflitos e resistências

ST 57 | Territorios indígenas, derechos humanos y agricultura: desafíos para la construcción de marcos jurídicos y políticas públicas bioculturalmente pertinentes

ST 58 | Trajetórias de acadêmicos indígenas: impactos presentes e perspectivas de futuro

ST 59 | 20 anos da Lei Sergio Arouca: avanços, dificuldades e desafios para os povos indígenas do Brasil

ST 60 | Gênero, narrativas do viver e estratégias de subversão

ST 61 | Visões e etnovisões: cenários de uma possível resistência

ST 62 | Experiências e reflexões sobre a situação atual da Educação Escolar Indígena na América Latina

ST 63 | Poder, Política e Direitos Indígenas

ST 64 | História, Memória e Territorialidade: afirmação das vozes indígenas

Share this page