Centro de Integridade Publica | Page 3 | Land Portal
Acronym: 
CIP

Location

Maputo
United States
US
Working languages: 
English
Portuguese

O Centro de Integridade Pública de Moçambique, adiante designado abreviadamente CIP, é uma pessoa colectiva de direito privado, dotada de personalidade jurídica, de tipo associação sem fins lucrativos, não partidária, independente, com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, que se rege por seus Estatutos e pela demais legislação em vigor.

A visão do CIP é a dum país onde os agentes públicos e privados agem com integridade e probidade na esfera pública, contribuindo para uma gestão pública democrática, transparente e em conformidade com a lei.

A missão do CIP é a de promover a integridade na esfera pública em Moçambique, através da denúncia da corrupção e de irregularidades, em geral, e da advocacia da consciencialização pública e a favor das boas práticas na gestão do bem comum.

Constituem princípios fundamentais orientadores das acções do CIP: a integridade, a transparência, a prevenção da corrupção e a boa governação. Agindo desta maneira, o CIP tem como objectivo geral a promoção e defesa da integridade, da transparência, da ética, da não corrupção e da boa governação na esfera pública em Moçambique.

Centro de Integridade Publica Resources

Displaying 11 - 12 of 12
Library Resource

Relatório de Monitoria das Actividades Mineiras em Moma, Moatize, Manica e Sussundenga

Reports & Research
September, 2010
Mozambique

Este relatório foi produzido com a finalidade de mapear e analisar os contornos das explorações mineiras industriais e artesanais em Moçambique, levantando questões à volta dessas actividades, como contributo para o debate em torno do papel da actividade mineira no desenvolvimento nacional.

Library Resource
Reports & Research
May, 2009
Mozambique

Nos últimos anos, a economia moçambicana tem registado desenvolvimentos significativos na área dos recursos minerais e energéticos. Em 2004, iniciou-se a produção e expor tação de gás natural em Pande e Temane, na província de Inhambane. Em 2007 arrancou em Moma, na província de Nampula, a expor tação de minérios produzidos a par tir de areias pesadas. Em 2007, o Governo assinou com a brasileira Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) um contrato mineiro para a exploração de grandes quantidades de carvão de Moatize, na província de Tete.

Share this page